Soneto da Amizade



Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.


É bom sentá-lo novamente ao lado
Com os olhos que contém o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.


Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com meu próprio engano.


O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica.

Vinicius de Moraes

Saudação ao Amanhecer

Concentra-te neste dia que desponta!
Pois ele é a vida,
A própria vida em seu breve curso.
Jazem nele todas as verdades e realidades
de tua existência :
A felicidade de crescer,
A glória de agir,
O esplendor da beleza;
Pois o dia de ontem é apenas um sonho
E o amanhã uma visão,
Mas o dia de hoje , bem vivido ,
Torna cada dia passado um sonho de felicidade e cada amanhã uma visão de esperança.
Concentra-te , portanto , neste dia !
Neste dia maravilhoso que desponta.


Do sânscrito , autor desconhecido , ano 300.

Os Mandamentos Cherokee

Treat The Earth And All That Dwells thereon With Respect
Trate a Terra e tudo o que nela habita com respeito

Remain Close To The Great Spirit
Mantenha-se próximo ao Grande Espírito

Show Great Respect For all Beings
Mostre grande respeito por todas os seres

Work Together For The Benefit Of All Mankind
Trabalhem juntos pelo benefício da Raça Humana

Do What You Know Is Right
Faça o que Você sabe que é certo

Look After The Well-being Of Mind And Body
Cuide do bem estar da mente e do corpo

Dedicate A Share Of Your Efforts To The Greater Good
Dedique uma parte de seus esforços para o Bem Maior

Be Truthful And Honest At All Times
Seja sempre verdadeiro e honesto

Take Full Responsibility For Your Actions
Assuma total responsabilidade por seus atos.

Ser o rio, o sol e a camada de ozônio...

"Se você for um alpinista ou alguém que aprecia o campo ou a floresta, sabe que as florestas são nossos pulmões fora do nosso corpo, da mesma forma que o sol é o nosso coração fora do corpo. Mesmo assim, agimos de tal forma que permitimos a destruição de milhões de quilômetros de floresta pela chuva ácida, e tanbém destruímos parte da camada de ozônio que regula a quantidade de luz solar que recebemos diretamente. Somos prisioneiros de nosso pequeno eu, pensando apenas no conforto deste pequeno eu, enquanto destruimos o nosso eu maior. Devíamos ter a capacidade de ser nosso verdadeiro eu. Isso quer dizer que devíamos ter a capacidade de ser o rio, a floresta, o sol e a camada de ozônio. Precisamos agir dessa forma para compreender e para ter esperança no futuro".

Thich Nhat Hanh

O Vôo

"Goza a euforia do vôo do anjo perdido em ti.

Não indagues se nossas estradas, tempo e vento, desabam no abismo.

Que sabes tu do fim?

Se temes que teu mistério seja uma noite, enche-o de estrelas.

Conserva a ilusão de que teu vôo te leva sempre para o mais alto.

No deslumbramento da ascensão
se pressentires que amanhã estarás mudo
esgota, como um pássaro, as canções que tens na garganta.

Canta. Canta para conservar a ilusão de festa e de vitória.

Talvez as canções adormeçam as feras
que esperam devorar o pássaro.
Desce que nasceste não és mais que um vôo no tempo.

Rumo do céu?

Que importa a rota.

Voa e canta enquanto resistirem as asas".


Paulo Menotti del Picchia, poeta, jornalista, romancista, cronista, pintor e ensaísta, nasceu em São Paulo (SP) no dia 20 de março de 1892.Um dos articuladores da Semana de Arte Moderna, em 1922, foi um dos mais combativos militantes da estética modernista. O poeta morreu em São Paulo (SP), no dia 23 de agosto de 1988. Há, em Itapira (SP), a "Casa de Menotti del Picchia", onde podem ser vistos objetos e livros que pertenciam ao autor.

Das Pedras


Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.

Uma estrada,
um leito,
uma casa,
um companheiro.
Tudo de pedra.
Entre pedras
cresceu a minha poesia.

Minha vida…
Quebrando pedras
e plantando flores.
Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.

Cora Coralina(Ana Lins do Guimarães Peixoto Brêtas), 20/08/1889 — 10/04/1985, é a grande poetisa do Estado de Goiás.

Sábia e doce Madre Teresa de Cálcutá

"As pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas. Ame-as mesmo assim!

Se você tem sucesso nas suas realizações, ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos.
Tenha sucesso mesmo assim!

O bem que você faz será esquecido amanhã.
Faça o bem mesmo assim!

A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável.
Seja honesto e franco mesmo assim!


Aquilo que você levou anos para construir pode ser destruído de um dia para o outro.
Construa mesmo assim!

Os pobres têm verdadeiramente necessidade de ajuda, mas alguns podem atacá-lo se você os ajudar.
Ajude-os mesmo assim!

Se você der ao mundo o melhor de si mesmo, você corre o risco de se machucar.
Dê o que você tem de melhor.... Mesmo assim"

(Texto afixado sobre o muro de Shishu Bhavan, o lar das crianças da Madre Tereza, em Calcutá)

Contribuições da minha amada mãezinha, que me enviou essas frases da Madre:

"A mais terriível pobreza é a solidão e o sentimento de não ser amado"

"No mundo existe maior fome de amor e de apreciação do que pão"

A beleza


"A beleza não é um desejo, mas um êxtase:
Não é uma boca sequiosa,
nem uma mão vazia que se estende,
mas antes, um coração inflamado e uma alma encantada.

Ela não é a imagem que desejais ver,
nem a canção que desejais ouvir,

Mas, antes, a imagem que contemplais com os olhos velados
e a canção que ouvis com os ouvidos tapados.
Não é a seiva por baixo da cortiça enrugada,
nem uma asa atada a uma garra,

Mas, sim, um pomar sempre em flor
e uma multidão de anjos em vôo.

A beleza é a vida
quando a vida desvela seu rosto sagrado.
Mas vós sois a vida e vós sois o véu.

A beleza é a eternidade olhando para si mesma num espelho.
Mas vós sois a eternidade e vós sois o espelho".

- Gibran Khalil Gibran: poeta árabe dotado de alta sensibilidade espiritual, foi autor de vários livros inspirados, entre eles o clássico “O Profeta” – Editora
Civilização Brasileira.

Sossega, coração!

"Sossega, coração! Não desesperes!
Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.

Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!
Pobre esperança a de existir somente!
Como quem passa a mão pelo cabelo
E em si mesmo se sente diferente,
Como faz mal ao sonho o concebê-lo!

Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme,
A grande, universal, solene pausa
Antes que tudo em tudo se transforme".


Fernando Pessoa.
Simpatia - é o sentimento
Que nasce num só momento,
Sincero, no coração;
São dois olhares acesos
Bem juntos, unidos, presos
Numa mágica atração.

Simpatia - são dois galhos
Banhados de bons orvalhos
Nas mangueiras do jardim;
Bem longe às vezes nascidos,
Mas que se juntam crescidos
E que se abraçam por fim.

São duas almas bem gêmeas
Que riem no mesmo riso,
Que choram nos mesmos ais;
São vozes de dois amantes,
Duas liras semelhantes,
Ou dois poemas iguais.

Simpatia - meu anjinho,
É o canto de passarinho,
É o doce aroma da flor;
São nuvens dum céu d“agosto
É o que m“inspira teu rosto...
- Simpatia - é quase amor!


(Casimiro de Abreu)

"O tempo é um ponto de vista dos relógios"

AH! OS RELÓGIOS

Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios...

Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida - a verdadeira -
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.

E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém - ao voltar a si da vida -
acaso lhes indaga que horas são...

Mario Quintana - A Cor do Invisível

Eu não existo sem você

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver

Não há você sem mim
E eu não existo sem você


Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim


Linda demais, não???? Toca a alma!

Vento do Nascente

Como uma faca rente ao chão.

Assim passou por mim o vento da SABEDORIA.

E interroguei- o sobre a aflição.

- Não há maior aflição no Cosmo - silvou - do que não haver estado aflito nunca.

E as procissões de adagas seguiram acutilando o poente.

- Mas, dize-me, onde posso encontrar a VERDADE?

E antes que o vento do nascente pudesse responder, interroguei- o outra vez:

- Talvez no fim do caminho!

As facas se transformaram em serpentes sem cabeça que, entrando na poeira do meu caminho, sentenciaram:

- A VERDADE é exatamente o caminho.

- Dize-me, o que é a impaciência?

- Veneno para o espírito.

Enroscado em si mesmo, o vento do nascente continuou levantando a poeira dos bosques.

- E a cólera?

E o vento, distraidamente, sussurrou em meus ouvidos:

- A cólera é uma pedra lançada num vespeiro.

- Em ti, ó vento da SABEDORIA, está o poder de envelhecer os que buscam a VERDADE. Como poderei encontrá-la antes de ficar velho?

E as facas rente ao chão se afastaram e foram cravar-se no Sol, gravando em meu coração uma última resposta:

- A VERDADE não se encontra, sente-se... sente-se... sente-se...

(Texto extraído do excelente livro “A Outra Margem” – J. J. Benítez – Editora Mercuryo).

Apego é amor?

Se o apego funcionasse, as pessoas se tornariam completas simplesmente se casando; mas não é isso que acontece. O casamento pode fazer com que você se sinta inteiro. Pode trazer mais segurança em certos níveis. (Isso é particularmente verdadeiro para os homens, que costumam achar que são o sexo forte. Todavia, estudos sociológicos mostraram que os viúvos ficam muito piores sozinhos do que as viúvas, que mulheres solteiras na faculdade têm uma probabilidade muito maior de concluir o curso que homens solteiros e, que em geral, as mulheres lidam melhor com a solidão do que os homens). No entanto, as possibilidades de união não aumentam. Pelo contrário, é muito comum que as duas pessoas achem que o casamento lhes trouxe um fardo duplo de preocupações ao invés de duplicar a chance de encontrar a liberdade.
A questão, portanto, é como preservar a devoção e a fidelidade do casamento sem entregar-se à necessidade e ao apego. O que é necessário é um estado chamado de não-apego. A palavra parece um sinônimo de desapego, denotando indiferença, mas o não-apego é na verdade um estado de liberdade que preserva e até mesmo aumenta seu amor pelo outro. O desapego é alcançado quando deixamos de nos importar; o não-apego é alcançado pela permissão, que mostra um tremendo carinho. Portanto, as compreensões que se aplicam ao não-apego nos levam até o âmago da importância espiritual da renúncia.
O apego é uma forma de dependência baseada no ego; o amor é não-apego baseado no espírito.
Quanto mais não-apego se é, mais se pode amar de verdade.
A ação que não prende vem diretamente do amor; todas as outras ações vêm indiretamente do passado.
Lutar com o Karma não vai libertar você de sua influência limitadora. A liberdade só pode ser alcançada pela recordação de quem se é realmente.
Aquele que você é realmente é o espírito ilimitado, além do alcance do Karma.

(Texto do livro Conexão Saúde, Deepak Chopra)

Goste de alguém que te ame!!!

Goste de alguém que te ame,
Alguém que te espere,
Alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura;
De alguém que te ajude,
Que te guie,
Que seja seu apoio,
Tua esperança, teu tudo.

Não goste do amor
Goste de alguém que não te traia,
Que seja fiel, que sonhe contigo,
Que só pense em você,
Que só pense no teu rosto,
Na tua delicadeza, no teu espírito.
E não no teu corpo, nem em teus bens.

Não goste do amor
Goste de alguém que te espere até o final,
De alguém que sofra junto contigo,
Que ria junto a ti,
Que enxugue suas lágrimas,
Que te abrigues quando necessário,
Que fique feliz com tuas alegrias
E que te dê forças depois de um fracasso.

Não goste do amor
Goste de alguém que volte pra conversar com você depois das brigas,
Depois do desencontro.
De alguém que caminhe junto a ti,
Que seja companheiro, que respeite tuas fantasias, tuas ilusões.

Goste de alguém que te ame.
Não goste apenas do amor.

Goste de alguém que sinta o mesmo sentimento por você!

Luis Fernando Veríssimo

A pós-mulher

Esse negócio de dizer minha ex-mulher, ou a ex-mulher do fulano, acabou. Agora se diz minha pós-mulher. A invenção não é minha, muito menos as mulheres. Quem me soprou a inovação foi uma bela mulher de 52 anos, algumas vezes pós e que hoje, pasme!, dá aula para homens sobre o que é uma pós-mulher.

Claro que o surgimento da pós-mulher não elimina as ex-mulheres. Portanto nem todas as ex-mulheres tornam-se, automaticamente, pós-mulheres. Sim, porque tem ex-mulher que nasceu para ser ex-mulher o resto da vida. São aquelas que se dedicam a infernizar a vida do ex, a quem chamam – sempre! – de falecido. Muito embora o falecido seja obrigado a depositar uma grana viva todo mês para que ela se conserve na posição de ex.

Já a pós-mulher descobriu que ser ex a nivela a times de futebol e agências de publicidade. Fulana, ex-DPZ, ex-Salles, ex-W, ex-Julio Ribeiro, ex- Alcântara Machado. Já a pós, pode se orgulhar de ser uma pós-Ricardão.

O ex que a mulher carrega, a prende eternamente ao “falecido”. É como se ela vivesse grudada umbilicalmente a ele. Já a pós, dá a nítida impressão que já passou pelo sujeito. Que ela avançou na vida, que é, digamos, pós-graduada em homem. Um pós-mulher entende de homens como ninguém. Uma ex-mulher será definitivamente uma ex, dando a impressão que ela é quem foi a abandonada.

A ex-mulher leva embora a impressão de ter ficado apenas com as partes ruins do ex. Como se ela não tivesse aproveitado nada da convivência de alguns anos. A pós-mulher sai de cabeça erguida, ciente de ter sugado tudo do antigo amor e estar preparada para outras aventuras e vidas e amores.

A pós-mulher é independente, é claro. Ao contrário da ex que não consegue passar um dia sem imaginar maldades pra o coitado.

A pós se orgulha de ser pós. Mesmo que o marido tenha sido um fracasso com ela, ela pode se dizer é hoje ela é pós-ele, ou seja, superior, liberta. E, se o cara for legal, mais sentido ainda faz ser pós-dele. Aliás, as grandes pós-mulheres se orgulham de suas condições.

E tem mais: uma pós... Uma pós honesta e esperta é pós apenas uma vez na vida. Torna-se doutora, phd em homem, senhora de si e orgulho para os filhos.

Vou dar um exemplo de uma pós-mulher. A prefeita de São Paulo. Ela não é ex-mulher do Eduardo. Ela é pós-Eduardo. Cresceu com ele, aprendeu com ele e deve se orgulhar de ser pós-mulher dele. Já a Nicéia é ex-mulher do Pitta. Entendeu a diferença gritante entre uma ex e uma pós?

E eu, modesto, não tenho nenhuma ex. Tenho duas maravilhosas pós-mulheres.

E você, é ex ou pós?

Não se esqueça que a pós-mulher está acima de qualquer intriga com o antigo marido, costuma resolver problemas para ele e será para sempre não uma ex, mas uma eterna companheira. Uma mulher do pós-futuro.

Mário Prata

Namorado: ter ou não ter?

Quem não tem namorado é alguém que tirou férias não remuneradas de si
mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado
de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, de saliva,
lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.
Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil.
Mas namorado, mesmo, é muito difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito, mas aquele a quem se quer
proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase
desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser parda,
decidida, ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de
aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem um amor: é quem não sabe o
gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um
envolvimento e dois amantes, mesmo assim pode não ter namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema sessão das duas,
medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho. Não tem
namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar
sorvete ou lagartixa e quem ama sem alegria. Não tem namorado quem faz
pactos de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a
felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho
escondido na hora que passa o filme; de flor catada no muro e entregue
de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico
Buarque lida bem devagar; de gargalhada quando fala junto ou descobre a
meio rasgada; de ânsia de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô,
bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, fazer sesta
abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar
do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro
dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai
com ela para parques, fliperamas, beira d'água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical no Metro.
Não tem namorado quem não tem música secretas com ele, quem não dedica
livros, quem não recorta artigos, quem não chateia com o fato de o seu
bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem
curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o
gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou
meio-dia de sol em plena praia cheia de rivais. Não tem namorado quem
ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de
obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele. Não tem
namorado quem confunde solidão com ficar sozinho. Não tem namorado quem
não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você
vive pesando duzentos quilos de grilos e medos, ponha a saia mais leve,
aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar.
Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções
de esperança. De alma escovada e coração
estouvado, saia do quintal de
si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua
janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de
fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu
descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante
a dizer frases sutis e palavras de galanteria.
Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho
necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido.
Enlou-cresça.

Carlos Drummond de Andrade

Os opostos se atraem, mas não se entendem...



É voz corrente, que nos relacionamentos afetivos, os opostos se atraem. Diante do fato, a gente se posiciona de forma curiosa: como sempre ouvimos falar disso, consideramos a afirmação absolutamente verdadeira. Não duvidar de sua lógica parece nos conduzir a um “porto seguro” e acabamos acreditando que o fenômeno é inevitável.

Por acaso alguém já se questionou a respeito? Afinal de contas por que os opostos se atraem? Trata-se de uma fatalidade, de uma lei da natureza que nos leva a bons resultados? Acho muito importante assumir uma atitude crítica e de reflexão em torno dos problemas do amor, pois é a emoção que mais dor e sofrimento nos tem causado. São raras as pessoas realmente felizes e realizadas nessa área. Devem existir muitos erros e ignorância em relação ao amor. Aliás, é só de algumas décadas para cá que os profissionais de psicologia – e, ainda hoje, poucos entre eles – começaram a se interessar pelo assunto, até então reservado aos poetas.

Gostaria de externar de modo categórico a minha opinião, fundamentada em mais de 26 anos de experiência como psicoterapeuta: os opostos se atraem, mas nem por isso combinam bem. O resultado desse tipo de união não é obrigatoriamente um sucesso. Pessoas muito diferentes vivem brigando e se irritando uma com as outras. Temperamentos e gostos antagônicos dificultam a vida em comum. Durante o período de namoro, os obstáculos existem, mas não são tão importantes, uma vez que são raras as coisas práticas compartilhadas. Após o casamento, porém, as divergências infernizam o cotidiano. Como encaminhar a educação dos filhos se os pontos de vista são tão diferentes? Como planejar a economia doméstica, a ordem dentro de casa, as viagens de férias?

Na prática, ocorre o seguinte: os opostos se atraem, mas na rotina da vida em comum as contradições se acirram. Começa então a tarefa de cada um tentar modificar o outro. O marido quer moldar a mulher de acordo com o seu modo de ser; a mulher deseja que o marido a compreenda e se aproxime dos seus pontos de vista. Será que isso é possível? Não deveriam diminuir as diferenças com o convívio? Deveriam, mas não diminuem, talvez por causa do medo de ver o encantamento amoroso desaparecer. Sim, porque afinal de contas os namorados se sentiram atraídos exatamente por serem pólos opostos. Se ficarem parecidos, não acabará o amor? Os casais convivem por anos, sempre se desentendendo, sempre procurando fazer do outro um semelhante e só conseguem agravar as diferenças e piorar as brigas.

Não deixa de ser ironia que a gente se sinta fascinado por pessoas com as quais não teremos um bom convívio. Esse fenômeno é responsável por um enorme número de uniões infelizes e que, hoje, acabam em divórcio. Cabe indagar: a atração por opostos é inevitável? Acho que não, apesar de ser muito comum, especialmente na adolescência. Considero fundamental entendermos as razões que levam a esse tipo de encantamento. Conhecendo-as, poderemos evitar o erro e nossas chances de sucesso no amor aumentarão bastante.

A principal causa do magnetismo entre opostos é, sem dúvida alguma, a falta ou diminuição da auto-estima. Quando não estou satisfeita com o meu modo de ser, procurarei alguém que seja completamente diverso. Se eu for introvertido e tímido, a tendência será me apaixonar por uma pessoa extrovertida e sem inibição. Com o tempo, o que suscitava minha admiração e era uma “qualidade” se tornará fonte de irritação, mas no início ficarei encantado. Ao “ter” o outro, “tenho” a extroversão que me faltava. Sinto-me mais completo. Tudo muito lógico na teoria. Na prática, as diferenças nos desagradam, dificultam nossas vidas, criam barreiras e resistências cada vez maiores.

Elas são responsáveis pelos atritos constantes e pelas brigas “normais” entre marido e mulher. Será que são mesmo normais?

Flávio Gikovate é médico psicoterapeuta

Jogue fora suas "batatas"

O professor pediu para que os alunos levassem batatas e uma bolsa de plástico para a escola.
Durante a aula ele pediu que cada aluno separasse UMA batata para cada pessoa de quem eles sentiam mágoas, escrevessem os seus nomes nas batatas e as colocassem dentro da bolsa.
Algumas das bolsas ficaram muito pesadas. A tarefa consistia em, durante uma semana, levar a todos os lados a bolsa com batatas.
Naturalmente a condição das batatas foi se deteriorando com o tempo.
O incômodo de carregar a bolsa, a cada momento mostrava-lhes o tamanho do peso espiritual diário que a mágoa ocasiona, bem como o fato de que, ao colocar a atenção na bolsa, para não esquecê-la em nenhum lugar, os alunos deixavam de prestar atenção em outras coisas que eram importantes para eles.
Esta é uma grande metáfora do preço que se paga, todos os dias, para manter a dor, a bronca e a negatividade.
Principalmente quando damos importancia aos problemas não resolvidos ou às promessas não cumpridas, nossos pensamentos enchem-se de mágoas, aumentando o estresse e roubando nossa alegria.
Vamos lá....Jogue fora suas "batatas" e sorria!!!
"Aquele que não consegue perdoar destrói uma ponte sobre a qual ele mesmo precisará passar."(Provérbio judaico)

Quem estuda e não pratica o que aprendeu é como o homem que lavra e não semeia. (Provérbio árabe)

Lamentar aquilo que não temos é desperdiçar aquilo que já possuímos. (provérbio chinês)

Visite os amigos com frequência. O mato cresce depressa em caminhos pouco percorridos. (Provérbio Escandinavo)

Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que o silêncio. (Provérbio indiano)

A contented mind is a perpetual feast - Mente feliz, festa constante. (Provérbio inglês)

A still tongue makes a wise head - A língua quieta faz uma mente sábia.(Provérbio inglês)

"Jamais se desespere em meio às mais sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda."(Provérbio chinês)

"Dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um dia. Ensine-o a pescar, e você o estará alimentando pelo resto da vida." (Provérbio chinês)


"Não diga tudo quanto sabes, não faças tudo quanto podes, não creias em tudo quanto ouves, não gastes tudo quanto tens. Porque quem diz tudo quanto sabe, quem faz tudo quanto pode, quem crê em tudo quanto ouve, quem gasta tudo quanto tem, muitas vezes diz o que não convém, faz o que não deve, julga o que não vê e gasta o que não pode"(Provérbio árabe)


"Numa luta entre elefantes, o prejudicado é o capim."(Provérbio africano)

"A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente logo enxerga." (Provérbio japonês)


"Volta teu rosto sempre na direção do sol e então as sombras ficarão para trás." (Provérbio russo)
Dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho, entraram em conflito.
Foi a primeira grande desavença em toda uma vida de trabalho lado a lado.

Mas agora tudo havia mudado. O que começou com um pequeno mal entendido, finalmente explodiu numa troca de palavras ríspidas, seguidas por semanas de total silêncio.
Numa manhã, o irmão mais velho ouviu baterem à sua porta.
- Estou procurando trabalho, disse ele.Talvez você tenha algum serviço para mim.
- Sim, disse o fazendeiro. Claro! Vê aquela fazenda ali, além do riacho? É do meu vizinho.
Na realidade do meu irmão mais novo. Nós brigamos e não posso mais suportá-lo. Vê aquela pilha de madeira ali no celeiro? Pois use para construir uma cerca bem alta.
- Acho que entendo a situação, disse o carpinteiro. Mostre-me onde estão a pá e os pregos.
O irmão mais velho entregou o material e foi para a cidade.
O homem ficou ali cortando, medindo, trabalhando o dia inteiro.
Quando o fazendeiro chegou, nao acreditou no que viu: em vez de cerca, uma ponte foi construida ali, ligando as duas margens do riacho.
Era um belo trabalho, mas o fazendeiro ficou enfurecido e falou:
- Voce foi atrevido construindo essa ponte depois de tudo que lhe contei.
Mas as surpresas nao pararam ai. Ao olhar novamente para a ponte viu o seu irmão se aproximando de braços abertos.
Por um instante permaneceu imóvel do seu lado do rio.
O irmão mais novo então falou:
- Você realmente foi muito amigo construindo esta ponte mesmo depois do que eu lhe disse.
De repente, num só impulso, o irmão mais velho correu na direção do outro e abraçaram-se, chorando no meio da ponte. O carpinteiro que fez o trabalho, partiu com sua caixa de ferramentas.
- Espere, fique conosco! Tenho outros trabalhos para você.
E o carpinteiro respondeu:
- Eu adoraria, mas tenho outras pontes a construir...
Já pensou como as coisas seriam mais fáceis se parássemos de construir cercas e muros e passássemos a construir pontes com nossos familiares, amigos, colegas do trabalho e principalmente nossos inimigos...

O que você está esperando? Que tal começar agora !!!


"A única vez que você não pode falhar é na última vez que tentar." Charles Kattering

Lenda Oriental

Conta uma popular lenda do Oriente, que um jovem chegou à beira de um oásis junto a um povoado e aproximando-se de um velho perguntou-lhe:
- "Que tipo de pessoa vive neste lugar ?
- "Que tipo de pessoa vivia no lugar de onde você vem ?" -perguntou por sua vez o ancião.
- "Oh, um grupo de egoístas e malvados. - replicou o rapaz - Estou satisfeito de haver saído de lá."
A isso o velho replicou:
- "A mesma coisa você haverá de encontrar por aqui."
No mesmo dia, um outro jovem se acercou do oásis para beber água e vendo o ancião perguntou-lhe:
- "Que tipo de pessoa vive por aqui ?"
O velho respondeu com a mesma pergunta:
- Que tipo de pessoa vive no lugar de onde você vem ?
O rapaz respondeu:
- "Um magnífico grupo de pessoas, amigas, honestas, hospitaleiras.
Fiquei muito triste por ter de deixá-las".
- "O mesmo encontrará por aqui"- respondeu o ancião.
Um homem que havia escutado as duas conversas perguntou ao velho :
- "Como é possível dar respostas tão diferente à mesma pergunta?
Ao que o velho respondeu :
- "Cada um carrega no seu coração o meio ambiente em que vive.
Aquele que nada encontrou de bom nos lugares por onde passou, não poderá encontrar outra coisa por aqui.
Aquele que encontrou amigos ali, também os encontrará aqui porque, na verdade, a nossa atitude mental é a única coisa na nossa vida sobre a qual podemos manter controle absoluto".
Infunda em si mesmo a idéia do sucesso.
O primeiro requisito essencial a todo homem para encontrar
uma vida digna de ser vivida, é ter uma atitude mental positiva.

As bananas

Numa experiência científica um grupo de cientistas, colocou cinco macacos numa jaula.No meio uma escada e sobre ela um cacho de bananas.Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, os cientistas jogavam um jato de água fria nos que estavam no chão.
Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o pegavam e batiam muito nele.
Com mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.
Então os cientistas substituíram um dos macacos por um novo. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo retirado pelos outros que o surraram.
Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não mais subia a escada.
Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado com entusiasmo da surra ao novato.
Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu.
Um quarto e, afinal, o último dos veteranos foi substituído.
Os cientistas então ficaram com o grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas.
Se fosse possível perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: "Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui".

Albert Einstein dizia: "É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito".

Frases e mais frases...

"Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo" (Mahatma Ghandi)

"Se choras porque não consegues ver o sol, as tuas lágrimas impedir-te-ão de ver as estrelas." (Rabindranath Tagore)

“O talento educa-se na calma; o carácter, no tumulto da vida.” (Goethe)

"Não posso lhe dizer como é um homem que goza de uma
completa auto-realização, NUNCA VI
NENHUM... ...Antes de buscar a perfeição, devemos
viver o HOMEM COMUM, sem mutilação"(C. Jung)

"A vida acontece num equilíbrio entre a alegria e a dor".(C. Jung)

"No caráter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude." (Henry Wadsworth)

"É preciso viver, não apenas existir." (Plutarco)

"A verdade é filha do tempo, não da autoridade." (Francis Bacon)

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: Quero é uma verdade inventada". (Clarice Lispector)

"Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, não há ninguém que explique e ninguém que não entenda. (Cecília Meireles)

“O futuro não pode ser previsto, mas pode ser inventado. É a nossa habilidade de inventar o futuro que nos dá esperança para fazer de nós o que somos.” Dennis Gabor No fim tudo dá certo, se não deu certo é porque ainda nao chegou ao fim. Fernando Sabino Ha vários motivos para não se amar uma pessoa e um só para ama-la. (Carlos Drumond de Andrade) A primeira lei da natureza é a tolerância - já que temos todos uma porção de erros e fraquezas". (Voltaire)

"Na maioria das vezes, um pepino é somente um pepino." (Sigmund Freud)

“Uma colecção de pensamentos deve ser uma farmácia moral, onde se encontram remédios para todos os males.” Voltaire "Quando a gente pensa que sabe todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas" (Mário Quintana)


"Aprendi com a primavera a me deixar cortar. E a voltar sempre inteira."
(Cecilia Meireles)

Aprendi silêncio com os falantes, tolerância com os intolerantes, e gentileza com os rudes; ainda, estranho, sou ingrato a esses professores... (Kalil Gibran)

“Tolo é aquele que afundou seu navio duas vezes e ainda culpa o mar.” (Publilus Syrus - poeta italiano)

Quem não se ocupa, se preocupa. (Otto Lara Resende)

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.” Carlos Drummond de Andrade
“Daqui a alguns anos estará mais arrependido pelas coisas que não fez do que pelas que fez. Solte as amarras! Afaste-se do porto seguro! Agarre o vento em suas velas! Explore! Sonhe! Descubra!” (Mark Twain)

“Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo.” (Osho)

“Quando se tem uma meta, o que era um obstáculo passa a ser uma das etapas do plano.” Gerhard Erich Boehme “Sarcasmo é o refúgio dos fracos.”(Jean Paul Sartre)

“A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro.” (Platão)


“Tenho pensamentos que, pudesse eu trazê-los à luz e dar-lhes vida, emprestariam nova leveza às estrelas, nova beleza ao mundo, e maior amor ao coração dos homens.”(Fernando Pessoa)


“Se não consegues entender que o céu deve estar dentro de ti, é inútil buscá-lo acima das nuvens e ao lado das estrelas. Por mais que tenhas errado e erres, para ti haverá sempre esperança, enquanto te envergonhares de teus erros.” “O estudo, a busca da verdade e da beleza são domínios em que nos é consentido sermos crianças por toda a vida.” (Albert Einstein)

“Muitas pessoas pensam que a felicidade somente será possível depois de alcançar algo, mas a verdade é que deixar para ser feliz amanhã é uma forma de ser infeliz.” (Roberto Shinyashiki)

"A alma é uma paisagem. as paisagens da alma não podem ser comunicadas. Quanto mais fundo entramos nas paisagens da alma, mais silenciosos ficamos" (Rubem Alves)

"A exuberância do conhecimento científico vai, frequentemente, lado a lado com uma total penúria de sabedoria" (Rubem Alves)

"Se você passa a vida dizendo exatamente o que pensa, depois não venha se queixar."(Millôr Fernandes)

"A fé - um sexto sentido - transcende o intelecto sem contradizê-lo." (Gandhi)














Feliz por viver

"Que sua presença, seja sempre um sopro de ar puro
Para o ambiente em que estiver.
Que sua pessoa seja digna de confiança, mas com um toque de criatividade.
Disponível, mas sem esquecer-se de si.
Incansável pelo ideal, mas satisfeita com a vida.
Ligada aos amigos, mas capaz de pensar distante.
Não conte os anos que já viveu, mas ame a vida simplesmente.
Ocupe-se intensamente no que faz, sem pensar no que poderia ter feito.
E se um dia já não puder seguir fisicamente o rítimo habitual,
Descubra mil outras coisas para fazer,
Outros mundos para explorar e pessoas para amar,
Mantendo a paz e o entusiasmo no espírito.
Assim, muitos buscarão a sua amizade, pela sua alegria contagiante,
Pela sua inspiração que sugere, e sobretudo,
Pelo exemplo que proporciona de uma vida plenamente realizada".

(Extraído do livro 100 Dicas para viver melhor)
Divulgado na Lista Caminho da Luz

Perdoar amigos



Quando falamos em perdão, pensamos logo nos nossos inimigos, pensamos o quanto é difícil para nós passarmos a borracha do esquecimento sobre agressões, calúnias, perseguições, sejam elas no campo carnal ou espiritual. Mas, nos esquecemos de um fator importante: o inimigo nos fere e vai embora, fica distante.

Perguntamos então, quantas vezes vamos perdoar os nossos amigos? Aqueles que estão perto de nós e perto de nós permanecem, aqueles que, muitas vezes, nos magoam, aqueles que, em vários momentos em que precisávamos de auxilio nos negaram, ou a quem nós oferecemos auxílio e foram ingratos. Esses permanecem conosco. Então, é preciso uma grande dose de benevolência, de compreensão, para que os amigos continuem amigos e continuem juntos de nós. Que as coisas pequeninas sejam esquecidas em prol das grandes coisas que, em conjunto, podemos realizar com as pessoas queridas.

Assim, como somos obrigados a desculpar tantas situações dentro de nossa família, porque não podemos nos desprender desses elos biológicos, e sejamos, também, capazes de compreender os amigos, esses que, num instante de invigilância, de imprudência ou, às vezes, até assediados por entidades perseguidoras ou por problemas de difícil solução interior, nos desferiram golpes.

Em benefício dessa grande família espiritual, que nós saibamos relevar e conviver fraternalmente, sem emitir vibrações negativas, sem o processo de cobrança permanente, sem o falar imprudente. Que saibamos, realmente, fortalecer os elos de grandes amigos, porque aqueles que caminham juntos, ombro a ombro com Jesus, estão na mesma estrada, buscando o mesmo horizonte, com as mesmas situações de resolver problemas ou adquirir débitos.

Bezerra de Menezes Mensagem recebida pela médium Shyrlene Soares Campos
Núcleo Servos Maria de Nazaré

"Se você quiser viver em paz e harmonia, cultive a serenidade divina e a paz, e irradie somente pensamentos de amor e boa vontade. Viva você mesmo uma vida de plenitude divina e, cada um que cruzar o seu caminho, já será ajudado só por estar perto de si".


Self-Realization Fellowship -
Paramahansa Yogananda

Fazerndo bem a si mesmo...

"Purifique sua alma, sua mente e seu coração diariamente.
Deseje aos outros o que você deseja a si mesmo, lembre-se da lei do retorno.
Perdoe! Mas perdoe de coração, a você e aos outros. Alguns não alcançam mais Luz por não terem a ‘capacidade’ de perdoar de coração.
Jamais force os outros a pensar da mesma maneira que você. Deixe que a pessoa aprenda a seu modo natural. Não tente ‘converter’ uma pessoa, além de ser um trabalho inútil, você não estará respeitando o processo evolutivo dela.
Seja grato a tudo em sua vida. A sincera gratidão abre as portas para uma vida de abundância.
Reconheça seu próprio valor e o valor das pessoas que lhe cercam, não hesite em dizer-lhes o quanto são importantes em sua vida. Mas saiba – ninguém é dono de ninguém.
Seja transparente em suas ações. Tenha a ‘sinceridade e delicadeza’ nítida em seu olhar, mas não confunda isso com arrogância.
Não permita que a mentira domine sua vida, viva com e para a verdade.
Evite maquinar mil pensamentos ao mesmo tempo. Concentre-se no que deseja e ordene seus pensamentos, terá resultados maravilhosos.
Ocupe seu tempo buscando aperfeiçoar sua alma e seus pensamentos, para que não sobre espaço para censurar os outros.
Permaneça de bom humor em qualquer situação, o problema será mais fácil para se resolver e você não sofrerá tanto.

Trecho retirado da Obra 'Lições de um Aprendiz'
Autora: Gênice Suavi

Portas

"Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala.


Você pode não entrar e ficar observando a vida.


Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se!


Mas, também, tem um preço...


São inúmeras outras portas que você descobre.


Às vezes curte-se mil e uma.


O grande segredo é saber quando e qual porta deve ser aberta.


A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos.


Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende.


Não existe a segurança do acerto eterno.


A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas.


E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas.


Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas.



Mas a vida também pode ser dura e severa.


Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente.


É a repetição perante à criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida"...

Içami Tiba


“Se as portas da percepção se abrissem

Tudo pareceria como realmente é” ( W. Blake )

Paz

"O primeiro passo para ajudar a criar paz no mundo é fazer uma busca na alma: descobrir o que nos torna sem paz. Voltando a mente para dentro, encontramos, sob emoções superficiais do dia-a-dia, um impertubável lago de bem-estar espiritual. Explorar esse local e reconhecer os tipos de pensamentos e sentimentos autodestrutivos, faz maravilhas na transformação de hábitos negativos. Paramos de acusar outros pela nossa falta de paz e avançamos no trabalho de cultivar nossa verdade. A paz de todo dia".

Brahma Kumaris